bwin

Siga nossas redes

Cafeína

Cenário ainda é desafiador para as ações de Cogna, Ser, Yduqs e Ânima Educação

Juros e inflação em alta são os vilões para essas empresas cujos cursos têm em sua maioria menor tícket médio e alunos que tiveram a renda impactada na pandemia.

Publicado

em

Tempo médio de leitura: 2 minutos

  • Telegram
  • Flipboard
  • Google News

Cogna(COGN3), Ser (SEER3), Yduqs (YDUQ3) e Ânima(ANIM3)– quatro empresas privadas do ramo de educação superior – vêm amargando quedas nas suas ações apesar do retorno às salas de aula. Apesar do balanço do ano completo de 2021 ter vindo em partes melhor para estas companhias, o mercado ainda não está tão otimista com o setor.

Juros e inflação em alta são os vilões para essas empresas cujos cursos têm em sua maioria menor tícket médio e alunos que tiveram a renda impactada na pandemia. A excessão se aplica aos cursos de medicina, um nicho que todas essas companhias vêm apostando dado o maior valor cobrado nas mensalidades. Cursos mais caros alavancam o caixa e ajudam a  pagar os custos fixos dos prédios – sejam eles alugados ou próprios. Não foi incomum a entrega de espaços físicos na pandemia.

AKroton, que é da Cogna Educação, ao ver reduzir seu número de alunos, usou como estratégia readequar os cursos de menor rentabilidade para serem feitos à distância ou de forma híbrida. O que acaba barateando o custo das mensalidades, atraindo alunos e aumentando a retenção destes. Desde então o problema de inadimplência tem sido menor.

NesteCafeína,Samy Dana e Dony De Nuccio analisam quais estratégias os quatro grupos vêm adotando para alavancar as receitas, reter alunos e ver suas ações voltarem a ganhar fôlego.

Este conteúdo é de cunho jornalístico e informativo e não deve ser considerado como oferta, recomendação ou orientação de compra ou venda de ativos.

Boletim bwinBoletim bwin
ANÚNCIO PATROCINADOConfira

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.
Hidrogênio Verde
bwin Mapa do site