bwin

Siga nossas redes

Criptonews

BlackRock atualiza proposta de ETF de bitcoin para permitir resgates em dinheiro

Até o momento, a SEC negou todos os pedidos de ETFs de bitcoin à vista, citando o potencial de fraude, mas os participantes do mercado têm esperança de uma aprovação no início do próximo ano.

Publicado

em

Tempo médio de leitura: 2 minutos

  • Telegram
  • Flipboard
  • Google News

A BlackRock atualizou sua proposta de registro de um fundo negociado em bolsa (ETF) de bitcoin à vista para permitir resgates em dinheiro, em um movimento que poderia ajudá-la a garantir a aprovação da Securities and Exchange Commission (SEC, órgão que regula o mercado de capitais nos Estados Unidos).

Uma série de registros de ETFs de bitcoin e ether à vista, inclusive de pesos pesados das finanças tradicionais, reavivou o mercado de criptomoedas este ano, após uma vários colapsos de empresas do setor em 2022.

“O Trust emite e resgata cestas de forma contínua. Essas transações ocorrerão em troca de dinheiro. Sujeito à aprovação regulatória em espécie, essas transações também podem ocorrer em troca de bitcoin “, disse o ETF iShares Bitcoin Trust da BlackRock na noite de segunda-feira.

Representação física de bitcoins 24/10/2023 REUTERS/Dado Ruvic/Ilustração

Até o momento, a SEC negou todos os pedidos de ETFs de bitcoin à vista, citando o potencial de fraude, mas os participantes do mercado têm esperança de uma aprovação no início do próximo ano.

A BlackRock, a maior gestora de ativos do mundo, já havia procurado resgatar cestas para investidores apenas em bitcoin ou “em espécie”.

Um ETF de criptomoedas à vista acompanha o preço de mercado do ativo digital, dando aos investidores exposição ao token sem precisarem comprar a moeda.

Veja também

Boletim bwinBoletim bwin
ANÚNCIO PATROCINADOConfira

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.
Hidrogênio Verde
bwin Mapa do site