bwin

Siga nossas redes

Geral

3 fatos para hoje: PIB China; recuperação da Light e acordo UE e Mercosul

Crescimento econômico da China no 2º trimestre decepciona.

Publicado

em

Tempo médio de leitura: 6 minutos

  • Telegram
  • Flipboard
  • Google News

Crescimento frágil do PIB da China no 2º trimestre

A economia da China cresceu a um ritmo frágil no segundo trimestre, uma vez que a demanda enfraqueceu no país e no exterior, com o ímpeto pós-Covid perdendo força rapidamente e aumentando a pressão sobre as autoridades para fornecer mais estímulos.

As autoridades chinesas enfrentam uma tarefa difícil ao tentar manter a recuperação econômica nos trilhos e conter o desemprego, já que qualquer estímulo agressivo pode alimentar riscos de dívida e distorções estruturais.

O Produto Interno Bruto cresceu apenas 0,8% entre abril e junho em relação ao trimestre anterior, em uma base com ajuste sazonal, mostraram dados divulgados pelo Departamento Nacional de Estatísticas nesta segunda-feira.

A expectativa de analistas em uma pesquisa da Reuters era de expansão de 0,5%, depois de um crescimento de 2,2% no primeiro trimestre.

Na comparação anual, o PIB cresceu 6,3% no segundo trimestre, ante 4,5% nos três primeiros meses do ano, mas a taxa ficou bem abaixo da previsão de 7,3%.

“Os dados sugerem que o boom pós-Covid da China claramente acabou”, disse Carol Kong, economista do Commonwealth Bank of Australia.

“Os indicadores de alta frequência estão acima dos números de maio, mas ainda mostram um quadro de recuperação sombria e vacilante e, ao mesmo tempo, o desemprego juvenil está atingindo níveis recordes”.

Os dados aumentam o risco de a China não atingir sua modesta meta de crescimento de 5% para 2023, dizem alguns economistas.

Dados de junho, divulgados juntamente com os números do PIB, mostraram que as vendas no varejo da China cresceram 3,1% em relação ao mesmo período do ano anterior, desacelerando acentuadamente em relação ao salto de 12,7% em maio. Analistas esperavam crescimento de 3,2%.

O crescimento da produção industrial acelerou inesperadamente para 4,4% no mês passado em relação a junho de 2022, ante 3,5% em maio, mas a demanda permanece morna.

O investimento privado em ativos fixos encolheu 0,2% nos primeiros seis meses, em forte contraste com o crescimento de 8,1% no investimento de entidades estatais, sugerindo fraqueza da confiança empresarial privada.

Dados recentes mostraram a recuperação pós-Covid perdeu força rapidamente, já que as exportações tiveram a maior queda em três anos devido ao arrefecimento da demanda interna e externa, enquanto uma desaceleração prolongada no mercado imobiliário minou a confiança.

A fraqueza geral e os riscos de recessão global aumentaram as expectativas de que as autoridades precisarão fazer mais para sustentar a segunda maior economia do mundo.

É provável que as autoridades implementem mais medidas de estímulo, incluindo gastos fiscais para financiar projetos de infraestrutura de alto valor, mais apoio a consumidores e empresas privadas e alguma flexibilização da política relacionada ao setor imobiliário, disseram fontes e economistas.

Mas uma reviravolta rápida é improvável, dizem analistas.

Todos os olhos estão voltados para uma reunião do Politburo no final deste mês, quando os principais líderes poderão traçar o curso político para o resto do ano.

A economia da China cresceu apenas 3% no ano passado devido às restrições contra a Covid, ficando abaixo da meta oficial.

Logo da companhia de eletricidade Light, na B3 25/07/2019 REUTERS/Amanda Perobelli

Light apresenta planto de recuperação judicial com diferentes opções de pagamentos

A Light S.A. (LIGT3) apresentou à Justiça do Rio de Janeiro um plano de recuperação judicial que prevê seis alternativas de pagamento aos credores, informou a empresa na noite de sexta-feira.

Em maio, a holding da Light pediu recuperação judicial à 3ª Vara Empresarial da Capital do Rio de Janeiro, mediante passivos de 11 bilhões de reais.

“O plano de recuperação judicial apresentado nesta sexta-feira traz opções de pagamento aos seus credores, que levam em consideração a pulverização da dívida da empresa e um universo heterogêneo de credores: são mais de 40 mil investidores pessoa física, 250 fundos de investimento e 10 instituições financeiras, nacionais e estrangeiros”, informou a companhia em comunicado.

Segundo a Light, entre as seis opções previstas no plano de recuperação, quatro alternativas oferecem aos credores a possibilidade de recebimento integral dos créditos.

O plano prevê por exemplo pagamento integral para os credores que tem até 10 mil reais a receber. Segundo a companhia, essa opção contemplaria 25 mil CPFs, representando mais de 60% do total daqueles que compraram debêntures da empresa.

A Light também informou que pretende levantar ao menos 1 bilhão de reais por meio de uma capitalização.

O plano prevê ainda a conversão de dívidas em ações da Light SA, entre outras opções.

A empresa planeja um desconto de até 60% para aqueles acionistas que queiram vender seus papéis da empresa.

O plano ainda terá que ser apreciado pelo Judiciário e pelos credores da empresa antes de chegar a sua versão final. Normalmente, os planos de recuperação sofrem mudanças no transcorrer do processo de discussões.

“Obviamente um processo normal de recuperação judicial tem um início de negociação e pode ter coisa que mude. O que importa é que hoje existe um plano, se vai ser ele é outra coisa”, disse uma fonte da empresa à Reuters.

A Light atende 31 municípios do Estado do Rio de Janeiro e tem cerca de 4,5 milhões de clientes.

A empresa garante que mantém suas obrigações setoriais e com os consumidores, a despeito do processo de recuperação judicial.

Em paralelo, a Light tenta junto ao governo a antecipação da renovação da concessão que vence em 2026. A empresa também solicitou a Aneel uma nova revisão tarifária extraordinária

Lula espera que acordo comercial entre UE e Mercosul seja fechado neste ano

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta segunda-feira (17) que espera que o acordo comercial entre a União Europeia e o Mercosul seja concluído este ano.

“Um acordo entre Mercosul e União Europeia equilibrado, que pretendemos concluir ainda este ano, abrirá novos horizontes”, disse Lula em um discurso em Bruxelas.

“Queremos um acordo que preserve a capacidade das partes de responder aos desafios presentes e futuros”, acrescentou.

*Com Reuters

Veja também

Boletim bwinBoletim bwin
ANÚNCIO PATROCINADOConfira

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.
Hidrogênio Verde
bwin Mapa do site